top of page
  • Writer's pictureAssessoria de Comunicação

Parabéns trabalhadores(as) de Sampa!



Desde 1930 o nosso Sindicato dos Padeiros faz parte da história de 470 anos de fundação de São Paulo. Ao longo dos anos a luta foi para conquistar melhores condições de trabalho, benefícios, direitos e melhores salários para os trabalhadores e trabalhadoras das padarias, confeitarias e empresas do setor de panificação e confeitaria.

Conquistamos muito e crescemos, juntamente com São Paulo, uma das cidades mais pujantes do mundo, que oferece muitos atrativos culturais, oportunidades e desafios que precisam ser enfrentados pelas autoridades, lideranças políticas, movimentos sociais e sociedade em geral.


Temos as questões urbanas, humanas, sociais e de saúde que envolvem a cracolândia, os moradores de rua, o desemprego, o desalento e o trabalho precário (sem nenhum direito), a violência e a exclusão das comunidades pobres e vulnerárias, sem acesso ao que a cidade oferece de bom para nela se viver de forma digna, segura e feliz.


Este ano, de eleição para prefeito(a) e vereador(a), é oportuno para ampliarmos os debates, as ações sociais e a participação do movimento sindical na decisão sobre que São Paulo almejamos para as gerações atuais e futuras. Uma São Paulo violenta e injusta, com privilégios para somente uma ínfima minoria rica ou muito rica? Ou, como sempre incorporamos em nossas lutas e reivindicações: uma São Paulo rica, progressista, humana, segura e justa para todas as pessoas que nela vivem ou planejam viver?



O Sindicato dos Padeiros de São Paulo é presidido por Chiquinho Pereira, também presidente da Federação Brasileira dos Trabalhadores nas Indústrias de Panificação, Confeitarias e Padarias (Febrapan) e Secretário Nacional de Organização, Formação e Políticas Sindicais da UGT.


25 de janeiro de 2024

41 views0 comments

Σχόλια


bottom of page