top of page
  • Writer's pictureAssessoria de Comunicação

A partir de 1º de janeiro de 2024, o salário mínimo brasileiro vai ser de R$ 1.412, que representa ganho real de 5,77%

A partir de 1º de janeiro de 2024, o salário mínimo brasileiro vai ser de R$ 1.412, que representa ganho real de 5,77%, quando se leva em conta a inflação medida pelo INPC/IBGE para o período de maio, mês do último reajuste, a dezembro de 2023.

O aumento nominal de R$ 1.320 para 1.412 é de 6,97%, enquanto o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) está estimado em 1,14% de maio a dezembro.


Segundo as estimativas do Dieese, divulgadas em nota técnica, quarta-feira-feira (27):

• 59,3 milhões de pessoas têm rendimento referenciado no salário mínimo;

• R$ 69,9 bilhões representam o incremento de renda na economia; e

• R$ 37,7 bilhões correspondem ao aumento na arrecadação tributária sobre o consumo.

Política de valorizaçãoEm agosto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou nova política de valorização do salário mínimo. De acordo com a legislação, o piso nacional será ajustado anualmente para proporcionar aumentos reais aos trabalhadores.

A nova regra estabelece que o valor do salário mínimo será corrigido com base na inflação do ano anterior, de acordo com o INPC, somado à variação positiva do PIB dos 2 anos anteriores.


Não se esqueçaA valorização acima da inflação foi suspensa durante o governo Bolsonaro. De 2011 a 2019, o salário mínimo era ajustado com base no INPC do ano anterior e na variação do PIB dos 2 anos anteriores.


A política estabelecida durante o governo de Dilma Rousseff (PT) foi interrompida em 2020, sob a alegação do governo de Jair Bolsonaro (PL) de que teria grande impacto nas contas públicas.


Salário necessárioAinda segundo o Dieese, o salário mínimo necessário para suprir as necessidades básica de família de 4 pessoas, em novembro de 2023, deveria ser de R$ 6.294,71.


467 views0 comments

Recent Posts

See All
bottom of page