top of page
  • Writer's pictureAssessoria de Comunicação

Padeiros de SP aprovam estado de greve por reajuste salarial,Convênio Farmácia e Dignidade Menstrual

Em assembleia na sede do Sindicato dos Padeiros de São Paulo, na Major Diogo, 126, Bela Vista, na sexta-feira, 1º de dezembro de 2023, os trabalhadores e trabalhadoras aprovaram entrar em estado de greve por reajuste salarial e por importantes reivindicações como, por exemplo, o Convênio Farmácia e a cláusula da Dignidade Menstrual, que também compõem os merecidos ganhos econômicos e sociais para a categoria.

Com data-base em 1º de novembro, a categoria em São Paulo e Grande SP é formada por 70 mil trabalhadores, de aproximadamente 6 mil padarias. As greves poderão ser por blocos de padarias ou padaria por padaria.


Para Chiquinho dos Padeiros, presidente do Sindicato, os trabalhadores e trabalhadoras, que "produzem diariamente a riqueza do setor de panificação e confeitaria, que está em pleno crescimento", merecem ser respeitados e reconhecidos com as conquistas reivindicadas na Campanha Salarial 2023.


Lazer - Após a assembleia, foram sorteadas as vagas para os sócios(as) passarem o Natal e o Ano Novo na Colônia de Férias do Sindicato em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo.


491 views0 comments

Recent Posts

See All
bottom of page